Loading...

BLOG

S.O.S Transformação – Descubra como adotar um novo visual, sem risco de se arrepender!

Você já percebeu o quanto ter um cabelo lindo e saudável, tem o poder de dar aquele up na autoestima? Pois bem, não é a toa que milhares de pessoas quando não estão se sentindo muito bem, partem para uma mega transformação. Mas, você sabia que é aí que mora o perigo?

Mudanças radicais podem assustar, referências da internet também tem lá suas pegadinhas e por aí vai…

Para acertar de vez na hora de escolher o novo visual, nossos beauty artisans dão 4 dicas de ouro para não errar e ficar, de fato, feliz e poderosa com o resultado. Fique atenta!

Tenha cuidado com as referências

Hair by: Gabe Bueno
Hair by: Gabe Bueno

Nem sempre os looks incríveis da última temporada do New York Fashion Week combinam com o nosso estilo e biotipo, e o mesmo acontece com os cabelos.

Quando for em busca de uma referência, procure olhar para modelos e “it girls” com texturas dos fios semelhante aos seus. Inspirações são ótimas quando encontramos representatividade. Busque pessoas com o rosto no mesmo formato que o seu e estilo parecido. Assim, é bem provável que o corte ou cor sejam um sucesso!

Vá devagar!

Hair by: Adriano Hoffmann

Hair by: Adriano Hoffmann

Sabe-se que quando uma coisa dá errado ou vai muito mal, como um término de relacionamento, por exemplo, queremos logo uma mudança radical para indicar a nova fase. Mas, “take it easy”!

Se você sempre foi do time das que cortam só as pontinhas, e quer chegar no salão louca por um Pixie Cut, você pode e tem todo direito. Mas, a dica para não se arrepender depois é: comece aos poucos. Sinta a mudança de forma gradual e, com o tempo, descubra o que mais agrada e combina com sua personalidade!

Cuidado com as colorações

Hair by: Paulo Linn

Hair by: Paulo Linn

Conquistar aquela cor linda, principalmente quando se tratam de loiros, pode levar tempo e requer dedicação. Nem sempre o fundo natural dos seus fios, conseguem alcançar aquele beach blonde da Carolina Dieckman, que não sai da sua cabeça há semanas…

É importante ter em mente que nem todo objetivo pode ser alcançado em uma única sessão. Algumas cores podem levar mais tempo para atingir a nuance desejada, sem danificar os fios.

Exclua as expectativas irreais, tenha paciência, clareie aos poucos, hidrate bastante e, quando menos esperar, você terá chegado ao tão sonhado Pearl Blonde, mas de forma saudável e natural.

Converse com o profissional

Hair by: Mauricio Brito
Hair by: Mauricio Brito

Mesmo com todas as dicas acima, é extremamente importante trocar ideias e tirar todas as dúvidas, com o seu profissional de escolha. Comunicar o que você gosta ou não, ajuda a direcionar o hair artisan na criação do visual. Porém, somente a avaliação das mechas é que irá definir o curso de cor e corte.

Escolha um bom cabeleireiro, ele será o seu maior parceiro na hora de encarar essa mudança com satisfação, saúde e segurança!

Já estamos em clima de Halloween — Confira como as colorações temporárias podem dar aquele up na sua fantasia!

  Publicado em   Categorias Beleza  Deixe um comentário

Pelo terceiro ano consecutivo, o Creative Salon, seus clientes, convidados e beauty artisans se preparam para o Halloween mais badalado do universo da beleza.

A festa, que acontece no dia 27 de outubro, na unidade do Campo Belo, esse ano mergulha numa assustadora floresta mal assombrada e cheia de elementos misteriosos.

Se a ideia é levar pra casa o prêmio de melhor fantasia, é bom já ir pensando no look, afinal, a festa é um encontro de mega produções e você não pode ficar fora dessa!

Veja a seguir algumas sugestões de colorações provisórias, que prometem dar aquele up no visual e completar a fantasia.
Tonalizante
Os tonalizantes são uma excelente opção para colorir os fios temporariamente. Super modernos, eles podem ser encontrados em diversas cores e vão saindo conforme as lavagens. Em alguns casos é necessário descolorir os fios, para que a cor chegue ao tom desejado. Para pigmentos escuros, como roxo e azul, basta aplicar nos fios em sua cor natural.

23416967_313705222445634_1000764024628969472_nGiz de Cabelo
Sim, você leu isso mesmo! Inspirado no giz de cera que usávamos na escola, a indústria de beleza criou o giz de cabelo. As barrinhas de giz pasteis são perfeitas para colorir as mechas e criar um efeito divertido nos fios. Uma opção super prática, criativa e que sai na primeira lavagem.

2312251Color Mousse
O mousse colorido é uma das alternativas quando o assunto é colorir os fios de um jeito simples e rápido. Popular entre os que usam para cobrir os brancos, atualmente eles podem ser encontrados nas tonalidades roxo e rosa, dão um resultado holográfico e saem em algumas lavagens.

crazy-hair-14Spray Fantasia
Favorito das festinhas, o spray fantasia pode ser encontrado em diversas cores e resolve muito. São sempre uma opção prática e divertida para os dias de comemorações e, na maioria dos casos, a coloração sai na primeira lavagem. Ideal para variar o look por um dia!

15307130565b3cd3e083a10_1530713056_3x2_md (1)

Mito x Verdade – Você sabe quais são os ativos que compõem os produtos para os fios?

  Publicado em   Categorias Beleza, Dicas  Deixe um comentário

Você sabe quais são as verdadeiras funções dos ativos que compõem os cosméticos para os fios e se eles são, de fato, benéficos à saúde do cabelo?

Sem Título-5Para desmistificar os componentes dos produtos que usamos diariamente nos salões, como parabenos e sulfatos, entrevistamos a engenheira química Camila Cerdeira, idealizadora da K.Pro, que nos conta o que pode ser levado a sério ou não. Confira!

Parabenos
Os parabenos são conservantes químicos usados pela indústria da beleza, para prolongar a validade dos produtos e combater a contaminação de bactérias. Ainda há controvérsias sobre o mal que ele possa causar, alguns estudos tentam comprovar os malefícios deste produto e afirmam, inclusive, que ele seja um dos principais causadores do câncer. “Como os estudos são inconclusivos, as empresas tentam substituí-lo por outros conservantes menos agressivos”, afirma Camila.

Sem Título-1

Corantes
Entre os maiores causadores de alergias, estão os produtos que contém corantes na composição. “Os corantes servem somente para embelezar os produtos e podem ser descartáveis, sempre que possível é bom evita-los”, diz Camila.

Óleo Mineral ou Derivados Minerais
O Óleo Mineral, é uma substância gordurosa conseguida pelo refinamento do petróleo, e apresenta propriedades hidratantes. Camila acrescenta que “É importante lembrar que consumidores que seguem loo pow ou no poo são extremamente contra produtos com derivados minerais”.

Sem Título-2Sulfato
Basicamente, o sulfato é uma espécie de sal que se torna um agente eficaz na limpeza do couro cabeludo. Ele é tido como vilão por roubar as proteínas naturais das mechas e torna-las secas e quebradiças. Cada vez mais encontramos no mercado produtos sulfat free, que possuem detergentes mais suaves como o sulfoccinato e sarcosinatos.

Sem Título-4Vegano
Não é porque o produto é vegano que ele é natural! Ser vegano significa somente que não há itens de origem animal na composição, como: queratina, lanolina, caviar, etc. Ainda assim ele pode ser industrializado e conter diversas substâncias de componentes químicos.

Sem Título-3Teste em Animais
Poucas pessoas sabem mas atualmente, nenhum dos produtos de fabricação brasileira podem ser testados em animais. É importante estar atento aos importados, mas enquanto mercado a nível nacional, nenhum animalzinho sofreu na criação da composição.

Toque de Expert: Desvendamos três mitos e três verdades sobre os cuidados com os fios nas temporadas mais frias do ano

Com a chegada do inverno, os cuidados naturais com as mechas estão entre as preocupações principais de beleza e, na busca por soluções rápidas, o efeito final pode ser reverso ao esperado.

Sem Título-11

Entre todas as teorias sobre o que fazer e o que evitar, algumas podem funcionar e outras não passam de suposições que, ainda assim, são colocadas em prática por muita gente.

Para desvendar de vez os mistérios sobro como cuidar dos cabelos nesta estação, nosso time de experts separou três mitos e três verdades capilares que irão acabar com as dúvidas e manter as mechas incríveis em qualquer época do ano!

  1. “O cabelo se acostuma com o shampoo”:
    MITO! Se o shampoo não surte mais o efeito inicial, está na hora de identificar o que seus fios precisam atualmente e trocar de produto. Ao conseguir o resultado esperado, inicie outro tratamento de acordo com a necessidade atual. Normalmente no inverno, o ideal são shampoos para cabelos ressecados, que devolvem a umidade natural das mechas.
  2. “Receitas caseiras evitam quebras de fios”:
    MITO! Hoje em dia é super fácil ter acesso à receitas caseiras, mas é preciso cuidado com o que encontra! Embora pareçam solucionar o problema imediatamente, elas não foram testadas e aprovadas por profissionais. O ideal é usar produtos conhecidos e indicados pelos especialistas em beleza.
  3. “Shampoo a seco pode substituir lavagem no inverno”:
    MITO! O uso em excesso deste produto pode deixar resíduos acumulados no couro cabeludo e até mesmo desenvolver caspa. Portanto, deixe para usá-lo somente em casos de extrema necessidade, a lavagem é a única forma de limpar corretamente os fios.

    4. “Clima seco do inverno danifica as mechas”:
    VERDADE! O tempo seco proporciona quebra das fibras capilares e consequentemente deixa os fios mais ressecados. É o momento em que eles precisam de nutrição e cuidados. Para mantê-los sempre brilhosos e com aspecto incrível, use máscaras de hidratação e óleos finalizadores.

  1. “Lavar o cabelo com água quente é prejudicial aos fios”:
    VERDADE!. A água quente danifica os fios por tirar toda a hidratação natural e ingredientes essenciais ao couro cabeludo. O ideal é lavar os cabelos com água morna ou fria. Como isso é quase impossível no inverno, nossa dica principal é deixar para lavar as mechas com água morna nos minutos finais do banho.

    Sem Título-12

6. “Sair com cabelo molhado deixa os fios opacos”:
VERDADE! Fique atenta ao sair com cabelo molhado, úmidos os fios ficam mais frágeis e a mudança química da água quente junto ao clima frio faz com que as escamas do cabelo fiquem mais abertas, causando a perda de brilho. Para evitar, é fundamental uma hidratação constante das mechas pelo menos a cada 15 dias.

Siga nossas dicas e cuide de seus fios neste inverno para ter sempre mechas com aspecto saudável e um cabelo natural único!

Terra à vista! — O beauty artist Davi Enge conta tudo sobre o tom que promete bombar no outono inverno

  Publicado em   Categorias Beleza  Deixe um comentário
29ea1598-eec9-4b2d-895e-1a1970609105
Make by Davi Enge

 

A tendênciado momento, que pede cada vez mais naturalidade, traz a tona belas maquiagens em tons terrosos, que prometem conquistar o mundo da beleza nessa temporada. Separamos dicas incríveis, para aplicar essa técnica no dia a dia e montar looks marcantes e pra lá de charmosos!

Marrom e acobreado, geralmente usados para fazer o fundo da make, ganham destaque. Desta vez, como textura principal nas pálpebras, como já vemos entre famosas e fashionistas.

O beauty artisan Davi Enge, que atende no Creative Salon Campo Belo em São Paulo, é um expert em makes nesta tonalidade, que acredita ser uma escolha democrática e atual. “Por serem neutros, são tons que combinam com outras cores e podem ser usados tanto para o trabalho, quanto para eventos a noite”, afirma Davi.

Make by Davi Enge
Make by Davi Enge

 

A dica do profissional para o dia a dia é a combinação do pigmento marrom claro, com delineado perfeito e batom nude. Já para conseguir o efeito glow e arrasar na festa, aplique o marrom mais escuro e faça um mix com rosa. O resultado após esfumado é um avermelhado incrível e natural!

Super versátil, vale combinar as cores básicas às metalizas ou intensas, como sombras douradas e batom vermelho.

Como em tudo que é natural, investir no estilo terroso é bem simples. Segundo Davi, aplicar cílios postiços e um leve esfumado abaixo dos olhos, com as mesmas cores da pálpebra móvel, ajudam a engrandecer o olhar e valorizar ainda mais a make.

O foco da maquiagem é escolher sombras descoladase se divertir com as criações. Inspire-se nessa tendência que promete aquecer os looks da temporada!

No Creative Salon, as makes, custam a partir de R$ 250. Confira e agende seu horário: (11) 5096-3549.

O que Mozart, Einstein e Picasso faziam para estimular a criatividade

O QI sozinho não explica a criatividade desses gênios

Por Época Negócios Online
MOZART (FOTO: GETTY IMAGES)
MOZART (FOTO: GETTY IMAGES)
Inteligência não é apenas ser capaz de criar um trabalho extraordinário. Mesmo as pessoas mais criativas da história que você admira enfrentaram problemas de naturezas variadas. Afinal, o QI, por si só, não é garantia de um trabalho de sucesso. Há mais fatores que influenciam a criatividade do que a inteligência.

“Criatividade não é um talento. É uma forma de agir”, disse o ator John Cleese. Como analisa a revista Inc., gênios reconhecidos pela sua criatividade são capazes de reunir elementos, aparentemente contraditórios, de uma forma incomum e não esperada. Apesar de cada um ter seu estilo e seu método, Wolfgang Amadeus Mozart, Albert Einstein e Pablo Picasso, compartilhavam certas características em comum para expressarem a criatividade em suas respectivas artes. A revista Inc. mostrou quais. Confira:

Eles tinham determinação necessária para alcançar o nível de domínio em suas áreas
Picasso (Foto: George Stroud/Getty Images)

Determinação pode ser um indicador de sucesso melhor do que o talento. Isso porque alguém pode ser extremamente talentoso, mas se não for capaz de se aperfeiçoar constantemente, nunca será bom de verdade. A habilidade de perseguir e buscar aquilo que significa muito para você durante um longo período de tempo é um indicador de você poderá conseguir qualquer outra coisa de valor na sua vida.

Pessoas criativas ao extremo têm uma grande motivação. Talento sozinho nunca lhes é suficiente. Os gênios, do passado e do presente – segundo analisa a Inc. – são reconhecidos normalmente pela perseverança, concentração, instinto e foco absoluto naquilo que eles querem fazer bem. Dedicação em um nível fora do comum é pré-requisito para conquistar o domínio sobre uma arte, um ofício, um trabalho.

Einstein, por exemplo, tinha uma inteligência altíssima, mas ele realmente amava e era obcecado em buscar a sua teoria da relatividade. Ele estava sempre curioso, considerava estudar ideias novas e radicais. Ele gastou uma grande parte de seus anos mais produtivos buscando provar a Teoria da Relatividade. Isso significa tudo para ele. Pessoas criativas têm um forte desejo de trabalhar duro e se esforçar por longos períodos – principalmente se elas acreditam no que estão fazendo. Em uma carta destinada a seu filho, Einstein pede com veemência que ele, quando aprendesse a tocar piano, o fizesse principalmente com música que ele mais aprecia – sem ser auxiliado por nenhum professor. “Esta é a melhor forma de aprender bastante. Com diversão. Assim, você nem vê o tempo passar, fica absolutamente imerso e esquece até de comer”, disse.

Eles têm coragem suficiente para abraçar o desconhecido
O cientista Albert Einstein (Foto: Wikimedia Commons/Wikipedia)

A disposição por arriscar, sair da zona do conforto ou de um modus operanti de olhar as coisas do jeito mais tradicional, fazem um bem enorme à criatividade. Você só pode explorar todo seu potencial se abraçar o risco associado ao fazer coisas diferentes.

Você não conseguirá atingir o ápice da sua carreira se não consegue tolerar lidar com o desconhecido. A história mostra que os gênios criativos arriscavam mais para obter resultados. A menos que você queira conforto e estagnação, arriscar é um requisito de todo processo criativo. Einstein, Mozart e Picasso valorizam o processo de seus trabalhos tanto quanto o resultado, viam os obstáculos como oportunidades para conseguir progredir mais e mais.

Uma vez perguntaram a Picasso se ele sabia, de antemão, como uma pintura que havia começado ficararia. Eis que ele respondeu: “É claro que não. Se eu soubesse, não estaria me aborrecendo com ela”, disse.

Eles direcionam a insatisfação para aprender, criar, inventar e fazer algo além

Einstein, Picasso e Mozart eram extremamente curiosos, abertos a novas ideias e persistentes em suas respectivas carreiras a despeito dos reveses que sofreram. “Eu não tenho nenhum talento especial. Sou apenas alguém profundamente curioso”, disse Einstein uma vez. Já Picasso afirmava que estava sempre trabalhando em algo que não conseguia fazer, já que daquele modo, poderia aprender como fazê-lo.

Já Mozart estava imerso no mundo musical desde sua infância. Mas isso não era desculpa. Ele estudou duro, pediu que seu pai lhe ensinasse as técnicas de mestres consagrados, como Bach, Handel e Haydn. Uma vez escreveu a um amigo sobre seu comprometimento com a música.

“As pessoas pensam que a arte é algo que vem fácil a mim. Mas eu garanto a você, meu caro amigo, que não há ninguém mais devotado e que dedica tanto tempo a uma composição quanto eu. Não deve haver um mestre famoso que eu não tenha estudado minuciosamente diversas e diversas vezes”.

 

SUMMER IS COMING!

Vem ver quais são as cores que prometem esquentar o verão 2017!

Uma coisa é fato – nunca se viu um verão com tantas opções de cores para renovar o visual. Dos tons claros aos coloridos, a regra é adaptar um hairstyle que combine 100% com a sua personalidade e estilo de vida.

Leia mais

Tops Instagrans dos Loiros

O Portal do Divanah, selecionou 20 tops instagrans de profissionais da beleza especialistas em loiras. É a estréia da nossa coluna Caiu na Rede!

Leia mais

Braé Cosméticos traz para o Brasil Bond Angel

A Braé Cosméticos acaba de trazer para o mercado brasileiro a linha Bond Angel, com produtos de uso exclusivamente profissional, formulados a partir de tecnologias de ponta, para dar mais segurança em serviços de cor, especialmente descoloração e clareamento dos fios.

Leia mais

O que você precisa saber para platinar os cabelos

Que os platinados são atemporais e fazem – literalmente – a cabeça das mulheres mundo afora, nós já sabemos.

Leia mais