Loading...

BLOG

“Oil Drama” – 10 passos para o fim dos cabelos oleosos

  Publicado em   Categorias Sem categoria  

Captura de Tela 2017-12-08 às 19.03.09

Só quem sofre com a produção excessiva de oleosidade pelo couro cabeludo, sabe o quanto é difícil encontrar dicas eficazes e diretas para combater esse problema. Isso sem falar no quão incômodo pode ser conviver com essa dura realidade. Afinal, a menos que você seja uma hypster descolada, ninguém merece chegar ao fim do dia com os fios todos coladinhos uns aos outros. Certo?

Determinada por fatores genéticos, hormonais ou ligada ao uso pontual de medicamentos e procedimentos químicos, a oleosidade não é considerada um problema de saúde. Ao contrário disso, a produção de gordura e suor pelas glândulas do couro cabeludo é um processo absolutamente normal e, se serve de consolo, isso acontece com todo mundo!

A diferença é que existem pessoas que produzem esse óleo em maior quantidade e mesmo que o cabelo tenha sido lavado há poucas horas, essa secreção, sem ter para onde ir, adere ao fio e cria um aspecto pesado, como o de fios sujos, gerando incômodo e tombando, literalmente, o penteado.

Para controlar o desagradável monstrinho da oleosidade no dia a dia, você pode tomar algumas precauções. Veja a seguir o que fazer para combater esse vilão!

– É fundamental lavar os cabelos diariamente. Essa é a melhor maneira de higienizar o couro cabeludo, desobstruir os poros e remover a oleosidade dos fios. Ao manter os poros limpos, é possível prevenir a caspa, a queda e a seborréia.

– Tome muito cuidado com a água quente! Quem tem cabelo oleoso deve ficar longe das altas temperaturas.  A princípio, ela irá ressecar o fio e logo sem seguida, aumentar a oleosidade em nível hard. A indicação é lavar os fios com água fria ou morna.

– Use um shampoo indicado para equilibrar a acidez do couro cabeludo, que é de 6.0. Os mais recomendados são os shampoos neutros. Geralmente, os xampus transparentes também são menos gordurosos. Uma boa e moderna opção são as linhas detox, escolha as recomendadas para uso diário.

– Evite o contato do condicionador com a raiz, ele pode gerar a obstrução do couro cabeludo, que irá produzir ainda mais oleosidade. Caso o condicionamento seja indispensável, prefira sua versão leave in e certifique-se de aplicar apenas entre comprimento e pontas e lembre-se de removê-lo na lavagem diária.

-Produtos antirresíduos a cada 15 dias também podem ajudar a fazer uma limpeza profunda dos fios e do couro cabeludo. Eles removem impurezas como restos de produtos, suor e poluição acumulados.

– Na hora de secar os fios, reduza ao máximo o atrito entre os fios e a toalha. Esfregar demais pode aumentar a produção de sebo.

– Fuja de acessórios fechados que possam aumentar a transpiração no couro cabeludo, como bonés e chapéus. Lembre-se que sua pele precisa estar limpa de resíduos e livre para respirar!

– Se houver a necessidade de secar o cabelo com o secador, mantenha uma longa distância da raiz. O calor é um poderoso combustível da produção de oleosidade, portanto, quanto mais quente, mais óleo!

– Na hora de modelar os fios, seu melhor aliado será o pó texturizador. Além de dar forma ao penteado e um volume glamuroso, ele absorve a oleosidade instantaneamente e não pesa nos fios.

– Outra alternativa interessante para o fim do dia, quando pinta aquele compromisso de última hora, é ter em mãos um shampoo seco. Ele disfarça a oleosidade, tem acabamento mate e um delicioso cheirinho de cabelo limpo. Invista!